Em Uberlândia, mais de 3 mil contribuintes caíram na malha fina do IR 2021

A Receita Federal divulgou que 3.159 contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda 2021, em Uberlândia. O principal motivo que fez com que os uberlandenses fossem notificados foram erros que se repetem em outras regiões do país, como a omissão de rendimentos, especialmente relacionados à dependentes. O número engloba cerca de 1,8% das 177.500 declarações entregues no município, e comparada ao percentual do último ano, representa um menor valor.

No Brasil, o número também foi menor se comparado ao Imposto de Renda de 2020. Neste ano, 869.302, (2,4% dos contribuintes) caíram na malha fina, enquanto no último ano este número foi de  910.996. Em relação ao IR 2021, o órgão explicou que a maior parte, 666.647 (76,7%), são declarações com imposto a restituir; outras, 181.992 (20,9%) do total, têm valores a pagar. De saldo zero com o Leão estão 20.663 (2,4%).

Em um cenário Brasil, o principal motivo para os contribuintes caírem na malha fina também foi em relação a omissão de rendimentos em relação à dependentes e titulares (41,4%), seguido por deduções da base de cálculo especialmente relacionada às despesas médicas (30,9%), e divergência de valores entre os itens declarados na Dirf e o que foi declarado pela pessoa física (20%).

Caí na malha fina, o que fazer?

Quando você cai na malha fina, fica sem receber a restituição até que envie uma retificação à Receita, para que isso aconteça há dois caminhos: 

– Se houver realmente informações que foram declaradas de forma errada,  é possível fazer a retificação com as correções necessárias através do programa gerador da declaração; 

– Caso a declaração retida esteja correta, e o contribuinte tenha os documentos que comprovem as informações, é preciso aguardar o Termo de Intimação ou a notificação de lançamento da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil. Além disso, também é possível agendar um atendimento para a entrega da documentação, na área Meu Imposto de Renda no site da Receita.