Deputado Zé Vitor participa de reunião da diretoria da Aciub

Na última segunda (07/06), aconteceu a tradicional reunião da diretoria da Aciub. Os encontros virtuais vêm recebendo a participação de representantes dos poderes públicos com o objetivo de debater assuntos voltados à classe industrial e empreendedora, e também apresentar ações que estão sendo tomadas para estimular a retomada econômica e a sobrevivência dos empreendimentos brasileiros. No encontro desta semana, o convidado foi o deputado federal Zé Vitor, natural do Triângulo Mineiro e membro do Partido Liberal.

O presidente da Aciub, Paulo Romes Junqueira, deu início a reunião destacando o objetivo  da Associação em promover encontros para unir as forças do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba em defesa de pautas voltadas aos empreendedores. O presidente ainda destacou a necessidade de conversas constantes com representantes em poderes públicos para dar forças a esses assuntos. 

Após a fala do presidente, o deputado Zé Vitor iniciou um bate-papo sobre assuntos como a reforma tributária e licenciamentos ambientais, que de diferentes maneiras afetam os empreendedores em todo o país. Zé Vitor lembrou da proposta que foi enviada ao Senado e que conta com sua participação, com diferentes determinações a respeito dos licenciamentos. “É um grande avanço, um texto saudável e que destaca que não estamos tentando flexibilizar a legislação ambiental, mas sim racionalizá-la”, pontua ele, mencionando a necessidade de se olhar para o empreendedor que está com suas atividades cerceadas, devido às mudanças em regulamentos de licenciamento que aconteceram em abril deste ano. O destaque foi para que se pense em alternativas e opções para que esses empreendedores possam voltar a atuar, gerando renda e empregos. 

Outro assunto levantado pelo deputado foi a Lei Kandir, que ainda está em processo de criação, mas que prevê a taxação para alguns tipos de minerais metálicos e produtos agropecuários, ambas consideráveis produções do estado de Minas Gerais. “Como é um assunto que afeta diretamente Minas, é importante que desenvolvamos discussões para que nós possamos tentar de alguma maneira levar uma proposta consistente e que tenha a participação de todos”. 

Sobre as reformas tributárias e administrativas, o ponto que já é amplamente discutido nos poderes públicos é a simplificação dos tributos. Durante a reunião, o presidente Paulo Romes Junqueira, mencionou a importância da consolidação da iniciativa. “Isso é a clareza e simplificação que o Brasil precisa para sermos competitivos, o que queremos é que possamos trabalhar e competir com diversos outros mercados”, pontua. Por fim, Zé Vitor reforçou que uma comunicação aberta e constante é fundamental para o andamento de processos como as reformas. “É um assunto que precisamos disseminar. Precisa ser apresentado para a sociedade de alguma maneira, pois engloba pontos que afetam a comunidade. Acho que podemos buscar uma comunicação melhor, até mesmo no dia a dia, divulgar o que isso impacta na vida do comerciante e do industrial, o que isso realmente significa para eles”, finaliza ele.