Pacto pela Alfabetização é pauta de reunião semanal da Aciub

Na reunião semanal da diretoria da Aciub na última segunda, 14 de fevereiro, o presidente da Associação, Paulo Romes Junqueira, e os diretores receberam a presidente executiva do Instituto Projeto de Vida, Raquel Garcia, para apresentar detalhes da iniciativa “Pacto pela Alfabetização Uberlândia”, que tem o apoio da Aciub desde a concepção.

O projeto “Pacto pela Alfabetização Uberlândia” é uma parceria com os institutos Projeto de Vida, de Uberlândia, e Raiar e Alfa e Beto, de Brasília. Raquel compartilhou que teve conhecimento da ação por meio da Aciub e então iniciou-se o processo para firmar o acordo com a Prefeitura de Uberlândia. A executiva ainda ressaltou a visão do projeto: contribuir para tornar Uberlândia referência em alfabetização, promovendo o desenvolvimento e avanço das crianças em sua trajetória escolar. 

Reforçando a importância do Pacto, Raquel apresentou aos participantes o cenário nacional da educação pública. “A criança não aprende a ler no primeiro ano. Por exemplo, dados da Avaliação Nacional de Alfabetização apontaram que 55% das crianças brasileiras não têm leitura até o final do terceiro ano”, pontuou ela. Além disso,  a presidente executiva do Instituto Projeto de Vida compartilhou outros dados que refletem a gravidade do cenário brasileiro: “terminar o Ensino Médio sem as habilidades esperadas de leitura e de matemática. A cada 10 estudantes no país, sete não sabem ler e escrever adequadamente”, disse Raquel. 

A convidada também contou que para a fundamentação do Pacto foi feita uma pesquisa para avaliar o cenário da educação, diante da pandemia de Covid-19. Raquel mostrou que, segundo a pesquisa, 94% das crianças de 3º e 4º anos da cidade não têm as habilidades esperadas das crianças de 1º ano. “Com este diagnóstico, acreditamos que somos um dos únicos municípios do Brasil que têm esta pesquisa. E foi pensando nisso, que acreditamos que realmente é possível construir o nosso cenário de alfabetização, e então o Pacto é a nossa solução”, pontuou. 

Segundo Raquel, a meta do projeto para 2022 é:

 1ºano: 70% das crianças alfabetizadas;

 2ºano: 90% das crianças alfabetizadas;

 3ºano: 100% das crianças alfabetizadas;

 4ºano: 100% das crianças alfabetizadas;

5ºano: 100% das crianças alfabetizadas. 

Apresentação feita por Raquel Garcia durante reunião

Mais sobre o Pacto pela Alfabetização Uberlândia

A iniciativa tem o objetivo de garantir o direito constitucional de cada criança à uma educação básica de qualidade. O pacto usa uma metodologia baseada em evidências que permite acompanhar o desenvolvimento de cada aluno, turma e escola, avaliando conquistas e corrigindo lacunas de aprendizagem sempre que necessário. O programa ainda oferece apoio à prática pedagógica dos professores, fornecendo capacitações; modelagem de gestão, qualificação dos processos da coordenação à execução da aprendizagem; e incentivando a atuação em rede, unindo pais, professores, gestores e outros colaboradores da comunidade escolar pelo sonho da alfabetização. Para ter mais informações, basta acessar o site pactopelaalfabetizacao.com.br

Apresentação feita por Raquel Garcia durante reunião