Projetos desenvolvidos pela Aciub, em parceria com a União Europeia, movimentaram mais de 120 mil reais em 2017

Com uma movimentação que superou a quantia de 120 mil reais, a Aciub teve 27 projetos aprovados e realizados em 2017 por meio do programa de cooperação internacional da União Europeia, o Al-Invest 5.0. O número de projetos realizados pela Aciub por meio da parceria cresceu 350% em relação a 2016, ano em que a entidade teve seis projetos concluídos, sendo considerada a associação que mais aprovou projetos e movimentou recursos naquele ano, de acordo com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que é a responsável pela aprovação dos materiais. Para 2018 está previsto o investimento de 500 mil reais para a realização de treinamentos, cursos, eventos e consultorias, com o apoio do Al-Invest.

A entidade participa pelo segundo ano do programa, que é voltado para o desenvolvimento de projetos focados no aprimoramento e melhoria da produtividade e competitividade de micro, pequenas e médias empresas da cidade. A CACB é a representante do programa no país e, financiada pela instituição europeia, realiza o pagamento da metade dos custos dos projetos, sendo que as empresas investem como contrapartida apenas metade do valor.

Com o apoio do Al-Invest 5.0, a Aciub realizou capacitações focadas no uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), para a promoção comercial e abertura de novos negócios, treinamentos para a melhoria de processos de produção, prestação de serviços e implementação de novas técnicas e tecnologias, e muitos outros.

Empreendedores interessados em obter recursos para o financiamento de projetos que visam o desenvolvimento empresarial podem entrar em contato com a Aciub pelo telefone (34) 3239-1563 ou pelo e-mail projetos@aciub.com.br.

Sobre o AL-Invest 5.0

O AL-Invest é um dos programas de cooperação econômica mais bem sucedidos da União Europeia na América Latina, cujo objetivo é apoiar o desenvolvimento empresarial na região, reduzindo a pobreza por meio do aprimoramento da produtividade das micro, pequenas e médias empresas (MPE), promovendo o seu desenvolvimento sustentável.

A CACB é a representante brasileira no consórcio executor do programa, formado ainda pela Câmara de Comércio de Lima (Peru), a Câmara Nacional de Comércio e Serviços do Uruguai, a Associação Guatemalteca de Exportadores, a Câmara de Comércio da Costa Rica e a Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador, e liderado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, na Bolívia (Cainco). Além disso, o consórcio conta com o apoio de entidades parceiras como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (Estados Unidos), a Câmara de Comércio de Paris (França), Eurochambres (Bélgica) e a Sequa (Alemanha). Todas estas instituições realizam atividades para apoiar as MPEs em 18 países latinoamericanos.